Prêmio de melhor longa-metragem júri popular!

11242344_495894767239698_833091682419966559_n

A Loucura entre nós foi um dos vencedores da primeira edição do Pirenópolis.Doc, festival de documentário brasileiro cuja primeira edição aconteceu entre os dias 06 e 09 de agosto de 2015 na cidade de Pirenópolis, em Goiás!

O filme de Fernanda Vareille recebeu o Prêmio de melhor longa-metragem da Mostra Competitiva Nacional (júri popular). Toda a equipe de A loucura entre nós agradece ao Pirenópolis.Doc, ao público que lotou a sessão e aplaudiu entusiasticamente a obra ao final da exibição, aos patrocinadores Petrobahia e da Carbocloro, e a todas as pessoas que, direta ou indiretamente, deram vida a essa obra sobre os caminhos, ganhos e perdas que cada um de nós vive na busca por uma possível “normalidade”.

Próxima parada? VI CachoeiraDoc – Festival de Documentários de Cachoeira. A 6ª edição do festival acontece entre 1º e 7 de setembro de 2015 no Cine-teatro Cachoeirano (antigo Glória) e no Centro de Artes Humanidades e Letras da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, na cidade de Cachoeira, na Bahia.

Aqui, a lista de todos os filmes vencedores do Pirenópolis.Doc:

Brasil S/A, de Marcelo Pedroso
Prêmio de melhor longa-metragem da Mostra Competitiva Nacional (júri oficial)

A Loucura Entre Nós, de Fernanda Fontes
Prêmio de melhor longa-metragem da Mostra Competitiva Nacional (júri popular)

E o amor foi se tornando cada dia mais distante, de Alexander de Moraes
Prêmio de melhor curta-metragem da Mostra Competitiva Nacional (júri oficial)

La Llamada, de Gustavo Vinagre
Prêmio de melhor curta-metragem da Mostra Competitiva Nacional (júri popular)

Babilônia, de Celso Martins
Prêmio de melhor filme da Mostra Infantil (júri popular)

Gerações, de Alexandre Alves, Eliete Aparecida de Assis, Elismar Cardoso e Ilana Vitória Leal
Prêmio de melhor filme da Mostra Regional (júri popular)

La Llamada, de Gustavo Vinagre
Prêmio especial de mise en scène do real de curta-metragem

Carregador 1118, de Eduardo Consonni e Rodrigo T. Marques.
Prêmio especial de mise en scène do real de longa-metragem

Yorimatã, Rafael Saar,
Prêmio especial de pesquisa de longa-metragem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s