O FILME

O Hospital Juliano Moreira, em Salvador|Bahia, é uma das maiores instituições psiquiátricas do Brasil. A diretora Fernanda Vareille partiu da ideia de fazer um sensível mergulho nos paradoxos da reinserção da loucura na sociedade.

Leonor e Elizangela juntasCom a pergunta “O que é a loucura?” guiando o filme, passou a frequentar o Hospital ao lado de uma equipe de jovens cineastas.

Esse foi o ponto de partida para a realização do documentário “A loucura entre nós”.Com a sua presença prolongada ao longo de três anos de filmagens, a câmera se tornou uma confidente privilegiada, apontando para uma reflexão mais profunda e mais humana.

Entre as personagens apresentadas, Leonor e Elizangela não parecem, à primeira vista, apresentar traços nos moldes em que a sociedade muitas vezes imagina como loucura. Extremamente generosas com a câmera, elas têm muito a dizer e despem-se completamente para o próprio olhar do público, revelando muitas coisas que, ainda hoje, permanece como tabu quando se fala de questões envolvendo a sanidade mental.

 

LOGO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s